F
  • Gerente de Projetos de Tecnologia da Informação

Fernando Lira

Rio de Janeiro (RJ)
0seguidor0seguindo
Entrar em contato

Comentários

(5)
F
Fernando Lira
Comentário · há 2 anos
Estou tristemente impressionado com o fato de que defender o Due Proccess of Law virou defesa ao PT (ou a bandido) quando se é simplesmente o mais importante princípio constitucional...

Imagem só a situação: Um ministro do STF antecipando em entrevistas o seu julgamento, após, horas antes, ter se reunido com caciques do partido "antagônico" ao do "político em julgamento"? Isso beira às raias da ilegalidade. E como repórteres sempre tão atentos aos movimentos nos três poderes não viram isso? Isso seria escandaloso em qualquer país desses que a imprensa usa como modelo.

Estamos assistindo a um racha, não de ideias, pois isso é passível de acontecer salutarmente em democracias mas a um racha nas opiniões sobre se vale ou não flexibilizar a LEI ou não, se os fins jutificam ou não os meios...

Talvez justifique por agora, mas quem julga isso? Voltando ao nosso impoluto Gilmar Mendes parece-me que muitos não sabem ou não se recordam que ele foi altamente contestado quando indicado para AGU. De longe não era a escolha de FHC para o STF, pesquisem e saberão que ele é, no mínimo uma autoridade jurídica muito questionada.

Já disse Joaquim Barbosa a ele, certa vez:
"Vossa excelência não está na rua, não. Vossa excelência está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro. É isso. [...] Vossa excelência quando se dirige a mim não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar. O senhor respeite."

Assim não me espanta essa guinada repentina do Ministro em discussão...
F
Fernando Lira
Comentário · há 2 anos
Caro Professor,

Apesar de em muitos aspectos, no que tange a política, eu não concordar totalmente com seu viés, eu sempre procurei ler seus textos principalmente para entender a fundamentação de seus argumentos.

Ora que vejo algo muito interessante em seus textos que parece começar a despertar nas pessoas que fazem o salutar hábito de questionar o que leem não importa se é um texto que lhe satisfaça a opinião a respeito de A ou de B.

Há tempos que a mídia tradicional comete esse tipo de escolha num modo geral. Haja visto que, não a toa, a hashtag PodemosTirarSeAchar melhor se tornou um meme na internet. Fui entender o porquê desse fato e vi que uma Jornalista da Reuters, cheia de dedos com o ex-Presidente FHC, colocou essa observação em um texto onde havia uma citação ao fato de que Pedro Barusco, em delação, afirmava que esse processo de corrupção já existia anteriormente ao Governo Lula. Afinal é algo tão absurdo essa afirmação? Aceitar esse afirmação como factível, de maneira nenhuma é defender Lula.

Enfim, cobrar da mídia uma posição VERDADEIRAMENTE isenta, não significa jamais defender esse ou aquele político, significa defender a apuração honesta dos fatos, e citar quem tiver envolvido, doa a quem doer. Há uma montanha a mais de informações sobre, por exemplo, a "Lava Jato" que tem que ser mostrada para que o expectador / leitor / ouvinte possa o mais possível por si só, fazer um juízo de valor isento.

Deixo aqui meu abraço e meus parabéns.

Recomendações

(14)

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Fernando

Carregando

Fernando Lira

Entrar em contato